Tiborna à lagareiro

Era costume, nos lagares de outro tempo comer tibornas com o que havia à mão, daí o seu nome, já que tiborna é um sinónimo de mixórdia. Os lagareiros (os homens que se ocupavam do lagar como sua profissão) torravam-se o pão nas caldeiras que aqueciam os lagares e de seguida embebia-se em azeite acabado de fazer.

Hoje, comem-se tibornas de azeite e alho, com tomate e outras até mais elaboradas. Nesta receita, vamos até ás origens partilhamos como fazer a tiborna à lagareiro.

Ingredientes

Pão alentejano cortado em fatias de 1,5 cm
Azeite Virgem Extra D. Luiza
Açucar
Canela
Sumo de uma ou duas laranjas

Tempo de preparação
1/4 de hora

 

 

 

Torra-se o pão, até ficar bem tostado dos dois lados. Colocam-se as fatias dentro de uma tijela e regam-se abundantemente com azeite e o sumo de laranja. Polvilha-se com açúcar e canela. Dá-se volta.

Come-se quente.

Esta tiborna quando feita no lagar, gastar muito azeite.

O pão, acabado de torrar, à saída da fornalha, é imediatamente mergulhado num alguidar de azeite, difícil, portanto de praticar em casa.

Publicações Recentes